Entrevistas


22 Set 2017

Alô Alô Bahia entrevista Duda Sanches

Alô Alô Bahia entrevista Duda Sanches

O vereador de Salvador Duda Sanches visitou a redação do Alô Alô Bahia, no Caminho das Árvores, na tarde de ontem (21) e bateu um papo com a gente sobre futuro, eleições 2018, política e muito mais. Confere só!

 

Alô Alô Bahia: Quais são os seus planos dentro da carreira política?

Duda Sanches: O sonho de todo mundo que entra na política é crescer e ajudar cada vez mais pessoas. Hoje, enquanto vereador de Salvador, trabalho cuidando apenas das pessoas da minha cidade como um dos 43 vereadores. E meu objetivo de expandir é real. Tenho a vontade de crescer e alcançar o Estado da Bahia porque meu propósito dentro da política é poder realizar grandes transformações sociais. E para isso, um mandato de deputado, a posteriori, seja estadual ou federal, e sonhar com voos mais altos aqui na minha cidade e no Estado da Bahia fazem parte deste projeto de ajudar cada vez mais pessoas.

Alô Alô Bahia: Você e seu pai - o deputado estadual Alan Sanches, têm uma relação bem próxima. No que você mais se inspira nele enquanto político?

DS: Meu pai é meu ídolo, meu líder, meu espelho, a pessoa que me orientou desde sempre e me introduziu na vida política, porque não seria fácil, com a pouca idade que eu tinha quando fui eleito, chegar a uma dessas cadeiras na primeira capital do Brasil. E meu pai me orienta muito dando o seu exemplo de homem íntegro que já passou por diversos cargos, já militou em diversas áreas, sempre deixando legado e sempre deixando sua marca positiva. Seus exemplos são os que mais me inspiram como novo político porque eu acho que a política precisa de gente limpa, gente que tenha passado por diversos degraus da vida deixando uma boa impressão, deixando uma boa marca, diante do cenário totalmente sujo que a gente vê no Brasil.

Alô Alô Bahia: Enquanto alguém que começou a vida política aos 22 anos, qual você acredita que seja o papel do jovem na transformação deste cenário de crise no qual vivemos atualmente no Brasil?

DS: O principal papel do jovem diante desta crise vivida pelo país é fazer diferente, sem repetir a fórmula sempre usada na política. Quem entender que a velha forma de fazer política ficou pra trás, já vai estar a anos-luz na frente de quem quiser imitar o trabalho de outras pessoas. A gente vê uma política cansada, suja e ultrapassada, então, quem trouxer a velha forma de trabalhar não vai pra frente.

Alô Alô Bahia: Quais são as suas apostas para as eleições 2018 e expectativas com relação as pessoas que irão ocupar o Governo do Estado da Bahia e a Presidência da República?

DS: No Governo do Estado eu sou suspeito pra falar porque sou liderado do prefeito ACM Neto, confio na sua forma de gerir a cidade de Salvador e acho que a Bahia precisa desse choque de gestão no governo estadual. Cansamos. O povo cansou do PT, do povo do mensalão e cansou de ver os jornais de grande circulação falando da política apenas de forma negativa. [ACM] Neto mostrou, sendo eleito 4 vezes o melhor prefeito do Brasil, que dá pra fazer política contando com o apoio da população, que dá pra ser político e ser admirado pela população. Não é a toa que aproximadamente 80% da população o apoia. Então, torço para que ele [ACM Neto] alcance o Governo do Estado, tenho certeza que a Bahia crescerá muito com a sua liderança. A nível nacional, torço para que quem quer que assuma a Presidência possa colocar a nossa economia de volta nos trilhos, pois o Brasil vive um momento de completa paralisação. Por mais que o [Michel] Temer tenha boas intenções na área econômica, o fato dele não ter sido eleito tem tirado a sua legitimidade enquanto Presidente do Brasil, não é a toa que o seu índice de aprovação é 3,4%, isso é histórico no nosso país. Então, o Brasil precisa de alguém que seja eleito e consiga trazer paz, estabilidade e confiança aos brasileiros de que agora conseguiremos andar pra frente.

Alô Alô Bahia: Considerando os últimos 5 anos, quais você acredita que são as áreas onde Salvador mais evoluiu e as que ainda são os nossos principais problemas?

DS: A cidade evoluiu muito principalmente na devolução da autoestima do cidadão soteropolitano. Há 5 anos, Salvador estava abandonada, esburacada, nada funcionava, saúde paralisada, escolas caindo aos pedaços e [ACM] Neto devolveu a cor da cidade de Salvador. Hoje vemos uma orla revitalizada, Carnaval em restauração, Reveillon se consolidando, a cidade pulsa e vibra alegria novamente. Precisamos lembrar que isso poderia estar mais potencializado se a economia a nível nacional estivesse também neste ritmo, pois dependemos do Brasil estar caminhando da melhor forma para Salvador também ser contaminada por isso. Porém, ainda assim, [ACM] Neto conseguiu realizar todas estas transformações. Com relação aos problemas, hoje vivemos numa das cidades mais perigosas do estado. Acho que a violência que tomou conta de Salvador inibe o cidadão de curtir sua cidade. A gente viveu todo um processo de utilização dos espaços públicos com a reforma de diversas praças, feiras de rua funcionando, tudo isso visando a ocupação destes espaços. Mas ao mesmo tempo, as pessoas vivem com medo de estarem nas ruas porque a violência tomou conta. Acho que a violência foi o que mais piorou nos últimos 10 anos aqui na nossa cidade.

Alô Alô Bahia: Conte um pouco sobre o Seminário que você irá participar na Europa 

DS: Fui convidado pela Fundação de Análise dos Estudos Sociais, ligada ao Partido Popular Espanhol, para participar deste Seminário. Esta fundação tem braços em diversos países do mundo e escolheram 2 jovens de cada país latino-americano que eles julgam promissores na política nacional para conhecerem a política na Espanha. Irei representando o Brasil e lá debateremos a realidade da América Latina, trocaremos ideias com o ex-presidente do governo da Espanha, com o ex-primeiro ministro da Polônia, Jerzy Buzek, já tem um deputado do parlamento europeu confirmado também. Além disso, visitaremos o parlamento na Espanha e em Bruxelas e a sede da Organização do Tratado do Atlântico Norte. Então, vai ser um crescimento político enorme e trarei todo esse conhecimento para utilizar a favor da cidade de Salvador.


Bate-bola

Salvador: Paixão

Brasil: Esperança

Política:Futuro

Educação: Único meio de sermos uma nação realmente progressista

Corrupção: Câncer
 

Fotos: Alô Alô Bahia. Siga o insta @sitealoalobahia