Dicas


17 Jul 2014

I-Lipo: Elimine as gorduras localizadas sem precisar de cortes

I-Lipo: Elimine as gorduras localizadas sem precisar de cortes Se existe algo que incomoda homens e mulheres são as gorduras localizadas. Elas surgem em diferentes regiões do corpo como bumbum, coxa ou culote, no abdômen e nas costas. Para eliminar os pneuzinhos, muitos investem na prática de atividades físicas associadas a bons hábitos alimentares diariamente.

Porém, mesmo com toda a disciplina e dedicação, nem sempre é possível acabar totalmente com as gordurinhas de determinadas regiões do corpo apenas com essas medidas. É nessa hora que muitos contam com os benefícios de alguns tratamentos para enxugar as medidas.

Uma novidade que surgiu no mercado e que se tornou uma verdadeira arma contra a gordura localizada é o I-Lipo. “Esse tratamento utiliza um laser de baixa frequência com a finalidade de reduzir a celulite, diminuir a gordura e ainda remodelar o corpo”, explica o médico dermatologista Dr. Amilton Macedo (CRM/SP – 80686), com prática em oxidologia.
 
Esse aparelho de laser tem efeito similar ao da lipoaspiração, porém, sem agulhas, cortes ou injeções de substâncias. “Esse tratamento inovador não é invasivo e também não necessita de anestesia. Isso porque ele utiliza a fotobiomodulação para estimular o corpo a liberar naturalmente o conteúdo armazenado nas células de gordura”, descreve o oxidologista.

Diante disso, penetram na pele 32 lasers que, depois, são absorvidos pelas células de gordura. “Ele age emitindo um sinal químico nas células de gordura com a finalidade de quebrar os triglicerídeos guardados em ácido graxo e glicerol para que estes sejam, posteriormente, saírem através dos gânglios. Dessa forma, essas moléculas passam para os tecidos são queimados durante a prática de atividades físicas após as aplicações”, esclarece Amilton.

O i-Lipo pode ser empregado em regiões como: cintura, abdômen, quadris e até mesmo nos braços. Ao término do procedimento é indicado a realização de drenagem linfática associada com a endermologia e infravermelho para estimular a produção de colágeno pelo organismo. Deve ser realizado o mínimo de oito sessões, duas vezes por semana. “Após as sessões você pode retomar suas tarefas normalmente, pois ele não é invasivo”, conclui Macedo.
 

Foto: Reprodução. 

25 Jun 2014

Pholia Roja emagrece e traz benefícios à saúde

Pholia Roja emagrece e traz benefícios à saúde Quem nunca ouviu falar que alguns medicamentos ajudam a diminuir a fome e estimulam o emagrecimento? Atualmente existem diversas cápsulas com essa finalidade no mercado, mas uma novidade que tem adquirido cada vez mais adeptos ao uso é a Pholia Roja.

Queridinha dos médicos, essas cápsulas mostram-se eficazes na diminuição dos quilinhos extras que tanto incomoda. E a boa notícia é que o uso das mesmas não traz danos à saúde e não causam efeitos colaterais. Até mesmo celebridades já se renderam aos benefícios da Pholia Roja, uma delas é a apresentadora Sabrina Sato.

Composta com espécies vegetais do gênero baccharis com lichia sinensis, a Pholia Roja é um fitoterápico que atua não apenas na queima de gordura abdominal, como da gordura localizada. “Ela é capaz de combater a formação de gordura em partes como: braços, costas, pernas e glúteos”, afirma o médico dermatologista Amilton Macedo (CRM/SP – 80686), com prática em oxidologia.

Isso quer dizer que essas cápsulas agem diretamente na quebra de gordura, causando uma redução da circunferência. “Ela diminui a biossíntese do tecido adiposo e ainda atua inibindo a vontade de comer, já que faz com que os alimentos permaneçam por mais tempo no estômago”, diz o dermatologista.

Aliás, em recente entrevista concedida à Revista Boa Forma do mês de junho, que, inclusive, está nas bancas, Macedo também destacou que entre os benefícios da Pholia Roja para a saúde é que ela apresenta: ação antioxidante, anti-inflamatória, atua diminuindo os níveis de colesterol, triglicerídeos, ácidos graxos livres, leptina, bem como, os níveis de insulina em jejum no organismo.

Contudo, é importante ressaltar que embora seja considerado um medicamento natural, as cápsulas de Pholia Roja não são indicadas para gestantes, pessoas com problemas cardíacos ou diabéticos, pois podem potencializar os efeitos de medicamentos hipoglicemiantes. “Essas cápsulas devem ser ingeridas duas vezes ao dia, antes do almoço e do jantar. E, de acordo com estudos pré-clínicos, em apenas 30 dias é possível obter uma redução significativa de medidas. No entanto, antes de usá-la é importante buscar orientação de um médico”, conclui o dermatologista.

Foto: Reprodução. 

03 Jun 2014

Tecnologia a favor da beleza! Laser Spectra atua no tratamento de melasmas

Tecnologia a favor da beleza! Laser Spectra atua no tratamento de melasmas O verão já passou há um tempinho, mas em muitos casos, os efeitos dele ainda são sentidos na pele durante os meses mais frios. Manchas e melasmas são problemas muito comuns que ocorrem, especialmente, entre as mulheres por diversos motivos um deles é o excesso de exposição solar para garantir uma pele bronzeada.

Mas esse não é o único motivo. O médico dermatologista Amilton Macedo (CRM/SP – 80686), com prática em oxidologia explica as alterações hormonais que ocorrem durante o uso de medicamento anticoncepcional, na menopausa ou no período gestacional contribuem para esse fator. “O raio ultravioleta atinge a pele e altera a melanina, um pigmento que confere coloração a pele”, descreve.

 Já durante a gravidez, o dermatologista informa que a elevação dos hormônios estrógeno e progesterona, estimula o funcionamento do melanócito, uma célula da pele que é responsável pela produção da melanina. Isso provoca uma distribuição excessiva da melanina na derme e na epiderme, as duas primeiras camadas da pele, agravando no surgimento dos melasmas. “Eles têm origem genética e são mais frequentes em pessoas que possuem a pele morena”, diz.

É possível tratar!

Para tratar essas manchinhas na pele há quem recorra aos cremes clareadores e ácidos. Porém, a tecnologia tem se mostrado bem eficaz. Um procedimento procedimentos que tem atraído cada vez mais adeptas e adeptos é o Laser Spectra. “Esse tratamento pode ser feito em qualquer estação do ano, inclusive, no verão”, conta Macedo.

O laser atua com uma luz de baixa frequência, evitando que as manchas voltem após algum tempo de realização do procedimento. “O aparelho atinge as camadas profundas da pele, atuando nas células que produzem o pigmento escuro que provoca as manchas acastanhadas. Diante disso, o Spectra age dividindo o pigmento em micropartículas para que, posteriormente o organismo as destruam”, informa Amilton.

De acordo com o dermatologista o Spectra não provoca dor. No entanto, o paciente pode sentir um leve formigamento durante a aplicação dos pulsos de luz ultrarrápidos e a pele pode ficar um pouco avermelhada. Ambos os efeitos colaterais desaparecem rapidamente. “O ideal são dez sessões, sendo uma por semana. Lembrando que o uso de protetor solar diariamente é indispensável”, finaliza Amilton Macedo. 

SOBRE O MÉDICO

Dr. Amilton Macedo (CRM/SP – 80686), médico dermatologista com prática em oxidologia.
www.amiltonmacedo.com.br

02 Jun 2014

Parceria

Parceria Nesta quarta-feira, a Tereza Perez Tours promove coquetel em Brasília em parceria com o resort Ponta dos Ganchos. Na ocasião, a agência receberá convidados para mostrar os diferenciais que fazem do hotel uma das principais referências em hospedagem de alto padrão no Brasil. 

Foto: Reprodução. 

07 Mai 2014

Quem vem

Quem vem

Marcelo Kruschewsky está de malas prontas. Desembarca dia 15 de maio em Salvador.

Foto: Reprodução.