DEZenho


23 Nov 2013

Made in italy por Caio Bandeira

Made in italy por Caio Bandeira

Comecei a coluna DEZenho, como um arquiteto nacionalista, falando dos designers e moveis brasileiros, mas temos que admitir que o primeiro lugar no mundo são dos moveis italianos de famílias tradicionais que começaram a investir no design há mais de um século. Uma tradição que vem passando de geração para geração e se lapidando como diamantes raros.

O revestimento do móvel parece com uma roupa de alfaiataria italiana, feita sob medida. Sua ergonometria vem de estudos em laboratórios onde protótipos são testados a toda hora, concebendo assim uma perfeita estrutura, aliada sempre a estética e a força. Assim, cada peça torna-se durável e atemporal em todos os sentidos.

As formas e estilos são variados e quando menos se espera, surgem lançamentos pontuais na Feira de Milão. A Feira, para quem não sabe, chega a ser cansativa pelo tamanho e distância entre os pavilhões, mas sempre dá para absorver algo novo, inusitado ou estimulante.

Minhas marcas prediletas são a B&B Itália e a Flexform. Em seguida, a Roda, Living Divani e Minotti.

Não dá para pensar no preço – até porque, na vida, tudo é uma questão de cultura e referência – mas, tomara que com tantos impostoooossss a nossa produção interna se aprimore e seja mais competitiva.

No mais, aproveite e tente ter ao menos uma boa peça italiana em casa para entender, na prática, o que estou dizendo. Pode até ser um espremedor de suco de laranja de Philippe Starck, que apesar de ser francês, já trabalhou diversas vezes em companhias de Milão. Isso é DEZ!

 bb2bb3bb4bb6bb7bb8bb9bb99

Por Caio Bandeira / Fotos: Reprodução/Flexform e B&B Itália.